quarta-feira, 7 de junho de 2017

BOPE ou (iBOPE) de Paulo Câmara, que trará mais confiança.

Resultado de imagem para BOPE de pernambuco
"É difícil alguém torcer contra o BOPE'

O Meu Araripe ouviu vários políticos de Pernambuco nas últimas semanas, em avaliações do quadro eleitoral para 2018. A maioria acredita que o 'calo' de Paulo Câmara é a segurança. 'Na crise que o Brasil atravessa, será mais fácil atacar os pilares do governo se o povo estiver se sentindo abandonado pelo Estado, na questão de segurança', afirmou o mais enfático. Esta frase ficou armazenada nas anotações do blog, sem merecer muita credibilidade, por ter sido dita por alguém do próprio governo. Com as medidas anunciadas recentemente por Paulo Câmara, sobretudo em relação à criação do BOPE, que tem fama de duro no combate e na queda, fica claro que é nisso que o governador aposta para pleitear a releição. 'É difícil alguém torcer contra o BOPE", resmungou ontem outra fonte deste blog. É fato. Cabe agora à oposição separar as pauladas em Paulo das pauladas no BOPE.
Leia o que foi noticiado a respeito:




DIÁRIO DE PERNAMBUCO
"Na manhã desta terça-feira (6) o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, assinou o decreto que cria o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), para atuar contra o crime organizado em todo o estado. A nova tropa será composta por 300 profissionais especializados e começarão a operar ainda no segundo semestre deste ano. De acordo com o socialista, a implantação do BOPE em Pernambuco vai auxiliar na diminuição da criminalidade e garantir mais segurança a população pernambucana.

"Evidentemente que nós estamos muito preocupados com a questão da segurança em Pernambuco. Não tem um dia sequer em que eu não durma e acorde pensando nisso. Mas nós temos a convicção também de que o Plano de Segurança foi muito bem elaborado e que dará os frutos necessários para que nós consigamos restabelecer a paz e a tranquilidade em Pernambuco. O BOPE vai nos ajudar a combater o crime organizado de maneira mais efetiva, assim como teremos mais homens nas ruas com a finalização dos concursos, tanto da Polícia Militar quanto da Polícia Civil, neste segundo semestre", afirmou Paulo Câmara.

A medida, está entre as ações do Plano de Segurança de Pernambuco, e vai transformar a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) no BOPE, criando assim, novas vagas para a tropa especializada e com gratificações próprias, em função da atividade específica. Segundo secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, o novo batalhão vai contar com armamento especial e vai amplificar as ações do CIOE.

"O BOPE  ampliará e qualificará a atuação da CIOE, com mais pessoal, estrutura e recurso financeiro. O efetivo contará com armamento de grosso calibre e helicópteros, investimentos já anunciados pelo Plano de Segurança", explicou o titular da pasta.

Os policiais que farão parte da unidade passarão por um teste rigoroso e, antes de ingressar, farão uma capacitação com profissionais de alta qualificação no combate ao crime organizado. Entre outras atuações dessa tropa, estão: intervenção em incidentes críticos, como negociações com reféns e sequestros; combate ao tráfico de drogas; e operações especiais no meio urbano.

SIGA NO www.meuararipe.com

Agreste Setentrional

Nenhum comentário:

Postar um comentário