terça-feira, 30 de maio de 2017

Serraglio: O melhor Ministro da Justiça que o Brasil já teve.

Resultado de imagem
Por motivos opostos  aos que Torquato Jardim será o pior ministro da Justiça que o Brasil já teve, independente de quanto tempo venha a permancer no cargo para o qual foi indicado com a missão de melar a Lava-Jato e proteger corruptos, Osmar Serraglio foi o melhor ministro da justiça que o Brasil já teve.
É fácil concluir: Lula, Aécio, Cunha, Renan e tropa queriam Osmar fora do ministério e o taxavam de fraco. Os mesmos investigados taxam Torquato de forte e o nomearam.
Serraglio foi demitido e criticado porque deixou a Polícia Federal trabalhar e a Lava Jato avançar.   Torquato é elogiado e foi empossado porque se mostra 'forte' para peitar a PF, o MP e Moro, e prometeu defender os acusados.
Serraglio marca mais pontos: Declinou do convite para ser Ministro da "Transparência' e deixa pendurado em Curitiba o agora sem foro privilegiado privilegiado Rocha Loures, o homem da mala de Michel Temer. Osmar Serraglio, um grande brasileiro, que tem pecados como todos nós, mas tem fibra e não pactuou contra o Brasil.
Ele pode está enterrando os planos temerosos com sua recusa.  Na verdade, só completa o serviço, que iniciou quando soube das operações e não deu 'aquela ligadinha' que Aécio tanto queria, permitindo que o senador, seu suplente e o próprio Michel Temer fossem vasculhados pela Polícia Federal.
Avança, Brasil!
Temer está numa encruzilhada. Se convocar outro deputado paranaense da mesma coligação de Serraglio para o homem da mala recuperar o Foro Privilegiado, pode ser afastado cautelarmente por tentativa de obstruir a justiça. Se deixar Rocha Loures sem foro privilegiado, sua família o leva à força para enterrar de vez a República Velha e assim deixar florescer a República de Curitiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário