segunda-feira, 13 de maio de 2013

Recife vai encantar e dará show de organização e fluidez na Copa - Queiram ou não queiram os agourentos.


É de barco pelas águas calmas do Capibaribe e não de carro pelas avenidas que os turistas mais exigentes chegarão a shoppings e ao metrô que os levarão ao estádio e principais pontos turísticos da Veneza Brasileira.

Com o passar dos dias e a desenvoltura de Eduardo Campos, que planeja voo nacional, petistas e seus seguidores, na capital e no interior, começam a disparar comentários e imagens depreciativas na tentativa de criar desânimo entre os pernambucanos quanto ao resultado da Copa 2014 em nosso estado. De todas as formas, tentam nivelar nossa capital a outras onde o caos impera e para o que não existe saída a curto prazo.

É de barco que cruzarão ruas e contemplarão pontes e paisagens, indo para Olinda ou para Porto de Galinhas.



É também navegando que poderão sair de Porto de Galinhas e adentrar Recife, curtindo a encantadora paisagem do Litoral Sul e de toda região metropolitana, esquecendo até mesmo que existe Copa.

Com fotos do trânsito caótico herdado do PT, postagens de aliados dos petistas que ainda gravitam o poder socialista no Estado tentam passar a ideia de que o desgoverno petista de 12 anos na capital de Pernambuco contaminará a reputação de Recife e manchará a imagem de bom gestor de Geraldo Júlio e do governador. Contudo, ao contrário do que desejam essas correntes agourentas, Recife dará banho de organização e, de longe, será a cidade mais encantadora e organizada de todas as sedes brasileiras, suplantando até mesmo o Rio de Janeiro. A singularidade da capital pernambucana encoraja a afirmação.

 O Rio Capibaribe, que voltará a ser navegável até a Copa; as pontes; as prais da capital e do Litoral Sul; Olinda; o frevo e o São João; o Recife Antigo e shoppings com rica e diversificada gastronomia; os restaurantes e museus, e sobretudo a capacidade do povo pernambucano, certamente farão da capital de nosso Estado a mais destacada entre todas as demais que sediam jogos. Sem demérito para as demais, não há como comparar.

Com este cenário, turista inteligente deixará a Copa em segundo plano.

Veja o vídeo e saiba como o turista vai andar em Recife.

Quem todo ano organiza o Galo não teme organizar dez Copas simultâneas


Só aquele que não conhece o tamanho e imponência do Galo da Madrugada com seus quase 2 milhões de foliões e turistas concentrados em tão pouco espaço de cidade; só quem nunca foi ao Recife Antigo em dias de seresta ou festa de massa, seja São João ou Carnaval; só quem nunca viu um Arrudão lotado em mais um jogo do Santa Cruz pode acreditar que Recife não dará conta de uma Copa.
Diferente do resto do País, desprovido de hotéis e de gente preparada, Recife está acostumada a conviver com multidões e hotéis lotados de turistas exigentes e endinheirados. Diferente de outras praças onde o inglês parece palavão, Recife esnoba com escolas de inglês, francês, espanhol e alemão por todos os cantos da cidade. Falar inglês na capital pernambucana é hábito. Basta uma parceria com os professores da rede pública e seus alunos, somados a alguma rede de ensino de outras línguas para suprir qualquer carência no aeroporto e principais pontos turísticos onde a língua estrangeira será demandada.

Proteger quem chega para lotar uma simples Arena é sombra com água de coco

Pernambuco tem ordem

Baderneiros que planejarem  tirar proveito da presença de gringos em Pernambuco terão uma decepção. A gloriosa Policia Militar de Pernambuco tem história. Seu surgimento flerta com o nascimento da Pátria. Ademais, basta uma só torcida pernambucana que sabe obedecer às ordens de comando vindas da Praça do Derby para proteger o turista e zelar nossa imagem, para vigiar cada esquina da Veneza Brasileira e seus arredores. A Nação Tricolor, que hoje comemora o tricampeonato pernambucano, sendo mais uma vez a que que mais lota os estádios do Brasil, sozinha, é capaz de  por os olhos em cada canto iluminado ou escuro com a objetivo de defender o brilho do  azul e branco da nossa bandeira e a rica história de nosso povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário