sexta-feira, 24 de maio de 2013

Onde já anda o nome de Fernando Bezerra


Beto Albuquerque_divulgação
Líder do PSB na Câmara acusa o governo federal de constranger membros do partido
O líder da bancada do PSB na Câmara Federal, deputado Beto Albuquerque (RS), acusou ontem no Recife o governo da presidente Dilma Rousseff de constranger membros do partido para que não apoiem a candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência da República.
Segundo ele, é inaceitável que numa “relação federativa e democrática” projetos encaminhados por governadores e prefeitos do PSB fiquem travados em Brasília “por questões políticas”.
O deputado deu a entender que se referia ao ministro Fernando Bezerra Coelho, que estaria pressionando os governadores do partido a darem declarações contrárias à candidatura de Eduardo Campos.
No entanto, disse que os governadores estão fazendo o jogo do “me engana que eu gosto”. Ou seja, para evitar retaliação, dizem que são contra a candidatura de Eduardo mas, na hora agá, vão fechar com ele, seguindo a posição majoritária do partido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário