segunda-feira, 13 de maio de 2013

O destino de André de Paula


O presidente do diretório estadual do PSD em Pernambuco, ex-deputado e ex-secretário André de Paula, está atrelado, em certa parte, ao destino de Fernando Bezerra Coelho.
Se este deixar o ministério da Integração Nacional em solidariedade a Eduardo Campos, com a brevidade que alguns esperam e aconselham, é provável que este mesmo ministério seja entregue de 'porteira fechada' ao partido de Kassab. Em Brasília, fala-se que o titular seria justamente André de Paula.
Por outro lado, outras correntes asseguram que Fernando Bezerra estaria planejando desembarcar do Ministério não para ser solidário a Eduardo Campos, mas para pressioná-lo a decidir o candidato do partido antes de setembro, prazo fatal para desincompatibilização. Bezerra Coelho, desta forma, abriria o espaço no comando da pasta para o mesmo André de Paula e desde já garantiria o seu apoio na disputa pelo governo do estado, numa verticalização do apoio do PSD a Dilma.
André de Paula tem ligações históricas com Marco Maciel. Foi presidente do PFL Jovem e também secretário de Produção Rural no Governo Jarbas.
Até setembro qualquer um pode esconder o jogo. Depois disso, ninguém mais manterá em segredo os seus planos para 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário