sábado, 11 de maio de 2013

ATER: Dilma decide voltar as atenções para o campo. Quer conquistar público esquecido.

A presidente Dilma Rousseff anunciou durante a 79ª Expozebu, em Uberaba (MG), na sexta-feira, a criação da Agência de Extensão Rural, inserida no Plano Agrícola e Pecuário 2013/2014, que será lançado em junho. Dilma afirmou que a assistência técnica e a extensão rural serão prioridades na atuação da agência. "A Embrapa é um centro de pesquisa, não é um centro de extensão rural. Vamos criar a Agência de Extensão Rural", afirmou. Segundo Dilma, com isso, "vamos mudar a produtividade do Brasil". "Vou usar uma palavra forte: vamos fazer assistência técnica e extensão rural de forma obsessiva."

Dilma disse ainda que o governo vai intensificar a busca por parcerias público-privadas para o setor da agropecuária, citando o "exemplo bem sucedido" da aliança entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pecuaristas.

A presidente quer se aproximar de um público que lhe é hostil no agronegócio por meio dos técnicos e engenheiros e também dos estudantes das áreas afins, ao abrir perspectiva de empregos e reconhecimento profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário