quinta-feira, 4 de abril de 2013

SECA: Reação ao descaso com a imagem mais real.















Agricultores e pequenos produtores paraibanos realizaram, na manhã de ontem (3), um protesto em frente a agência do Banco do Nordeste da Avenida Dom Pedro II, no centro de Guarabira. O ato, que contou com o apoio da Associação dos Mutuários do Crédito Rural do Estado da Paraíba, reivindicou as taxas, consideradas abusivas pelos manifestantes, cobradas pelo banco e os juros diferenciados que prejudicam a classe, que alega não conseguir pagar as dívidas em razão da forte seca que assola a Zona Rural do Estado.

No local do protesto, foram espalhados carcaças e ossos de animais. A associação defende aprovação da lei que prevê o perdão da dívida dos produtores junto ao Banco do Nordeste, além de uma fiscalização mais rigorosa a respeito das cobranças realizadas pela instituição financeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário