terça-feira, 2 de abril de 2013

SÓ O SURGIMENTO DE CANDIDATOS NOVOS SALVA A DEMOCRACIA E EMPAREDA GOVERNANTES. VEJAM O CASO DE EDUARDO CAMPOS


Dilma, montada na popularidade conseguida por meio de suas falsas propagandas e na precariedade da educação brasileira, que transforma cidadãos incultos em seres cada vez menos críticos e cada vez mais alienados, estava de costas para o Nordeste, com quase todas as obras importantes paralisadas ou a passo de tartaruga. Bastou Eduardo Campos colocar seu time em campo e aparecer com 6% (já beira os 10%, segundo fontes), ameaçando os votos da durona no seu principal curral eleitoral, para que ela descesse do salto e iniciasse justamente pelo Nordeste sua peregrinação em busca de apoios. Para isto, começou a abrir o cofre e a liberar recursos, na tentativa de 'comprar' os governadores nordestinos que anseiam votar em Eduardo Campos.
Só por isso já devemos imensas gratidões a Eduardo Campos. Que bom se tivéssemos mais guerreiros no mesmo patamar. Que bom se a democracia fosse sempre oxigenada por mais eduardos.
Estamos, enfim, vivendo o fim do bi-partidarismo/maniqueísmo  PT-PSDB e iniciando uma nova era de abertura do debate e conquistas em função da postura altiva dos nossos representantes.
Abre o cofre, Dilma! Eduardo está na cola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário