sábado, 6 de abril de 2013

Jornal, fatos e circunstâncias. E outra reflexão.

O editor deste blog foi, durante praticamente dez anos, editor do Jornal Voz do Sertão, que chegou a 'jogar' na praça do Araripe até 20 mil exemplares. As cicatrizes de um longo período de combate e jornalismo investigativo levaram à reflexão, depois da qual o jornal parou de circular por decisão própria do editor. Nova reflexão está sendo feita. Voltar a editar um jornal escrito que suceda o Voz do Sertão está vencendo por 6 x 0.
Nunca houve uma época tão farta de fatos e efervecência política quanto esta. Disposição para trabalhar e acumular atribuições nunca foram problema. Além do que, o blog já vem ocupando o espaço das horas de lazer deste velho.
É preciso fazer a notícia escrita chegar às 'periferias sociais', pois a internet é veloz mas continua sendo seletiva. Mais ainda em Araripina, onde estranhamente a OI deixa de oferecer internet veloz (com mais de 1.000 k), mesmo havendo mercado de sobra para isto, sobretudo quando se sabe que sequer mil contas de velox foram habilitadas na cidade, enquanto que em Ouricuri já beira 2.000 usuários e a velocidade chega a ser 15 vezes maior que em Araripina.
Internet é só um detalhe. Jornal escrito são outros quinhentos. É preciso fonte, parceiro, paciência, respeito aos fatos e sobretudo disposição.
Muitos incentivos chegam. Mas continua faltando uma coisa: coragem para recomeçar. E coragem é quem fecha o placar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário