quarta-feira, 10 de abril de 2013

Incoerente viverá e morrerá

Depois de assinar a ficha de apoio à criação do partido de Marina Silva, Kassab agora age para impedir que ele tenha acesso ao tempo de TV e fundo partidário. Deveria ser o último a fazer isso. Segundo o Painel da Folha, preocupado em evitar debandada no PSD, Gilberto Kassab pediu a Dilma Rousseff que o governo atue para aprovar proposta que restringe o acesso de novas siglas a tempo de TV e fundo partidário. Após a conversa, a presidente chamou o vice, Michel Temer, e José Sarney (PMDB-AP) para articular a aprovação do projeto do deputado Edinho Araújo (SP). Dilma tem interesse em esvaziar a Rede, de Marina Silva, e a fusão de PPS e PMN, que pode beneficiar Eduardo Campos (PSB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário