segunda-feira, 22 de abril de 2013

Deu no Globo


Em entrega de viaturas,Campos critica política de segurança do governo

Em Olinda, governador de Pernambuco e provável candidato à Presidência em 2014 sugeriu mais cooperação entre os níveis de governo para tratar sobre o tema
Letícia Lins, O Globo
Pré-candidato do PSB à sucessão presidencial, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, está nacionalizando o discurso até mesmo em eventos administrativos locais. Nesta segunda-feira, por exemplo, aproveitou a entrega de 128 veículos à Polícia Militar para sugerir a criação de uma espécie de SUS (Sistema Único de Saúde) para a segurança pública.
Durante sua fala, o tom utilizado foi o de cobrança ao governo federal que, segundo ele, atrapalha a execução de ações de segurança por parte dos estados e municípios, devido ao excesso de burocracia.


— A Federação está desafiada a organizar, sim, um sistema nacional de segurança pública. Esse é um desafio de todos nós, governadores, prefeitos, e é também um desafio do governo federal para estruturar (o setor) de forma melhor, como a saúde já conseguiu um Sistema Único de Saúde, como a educação consolidou uma política na sua Lei de Diretrizes Básicas — criticou ele, enquanto enquanto participava da cerimônia no Centro de Convenções de Olinda, onde funciona a sede provisória do governo (o Palácio do Campo das Princesas encontra-se em reforma).
O socialista entregou as viaturas para reforçar a segurança de 42 núcleos da região metropolitana, na zona da mata, no agreste e no sertão. Os veículos, no entanto, são resultantes de parceria entre o governo de Pernambuco e o federal, por meio da Secretaria Nacional de Segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário