quinta-feira, 4 de abril de 2013

Agenda Nacional

Foto: Heudes Régis/JC Imagem
Por Ayrton Maciel e Débora Duque
No Jornal do Commercio desta quinta-feira

Enquanto protagoniza o acirramento do embate político com a presidente Dilma Rousseff (PT), o governador Eduardo Campos (PSB) retoma, a partir de amanhã (5), sua agenda de compromissos nacionais. Durante quatro dias, o socialista ficará ausente do Estado para circular em eventos políticos e empresariais, só retornando a Pernambuco na terça-feira (9). A primeira parada será em Santos (SP), onde foi convidado para participar do 57º Congresso da Associação Paulista de Municípios.

Na ocasião, o governador aproveitará para apresentar aos prefeitos das cidades de São Paulo sua proposta de revisão do pacto federativo, a primeira pauta de abrangência nacional que resolveu abraçar desde que passou a se movimentar como potencial candidato à Presidência, em 2014. O senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB) também participará do evento. Será a segunda ida oficial de Eduardo Campos a São Paulo, o maior colégio eleitoral do País, em menos de três semanas.

Já no sábado (6), ele segue para o Rio de Janeiro, onde fará uma nova palestra na Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ) sobre políticas públicas. No dia seguinte, seu destino será o Rio Grande do Sul. É no território gaúcho onde cumprirá sua agenda mais extensa.

Um de seus compromissos será a festa de aniversário do deputado federal Beto Albuquerque (PSB), um dos que está à frente das articulações pela candidatura de Eduardo à Presidência. Será um momento para o governador transitar no meio político gaúcho onde ainda goza de pouca inserção.

Na terça (9), ele será condecorado pela Assembleia Legislativa com a medalha Farroupilha, já concedida à presidente Dilma e ao ex-presidente Lula. Também participa do 26º Fórum da Liberdade e promove palestras nos meios político e econômico nacional e estrangeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário