terça-feira, 5 de março de 2013

"Um lugar em construção"

O prefeito Alexandre Arraes começou a fazer propaganda. Corrigindo: A prefeitura começou a anunciar as realizações da atual gestão através das rádios.
Com a cidade em obras de saneamento e distribuição de água, nem tão cedo teremos mudança de visual. A buraqueira será 'eterna' até o fim do último rasgo de rua. Para quem acha que viu muito estrago, um pouco mais de arrepio: As ruas que foram rasgada ao meio, na longitudinal, agora serão ragadas nas duas laterais e de forma transversal onde existe boca de boeiro, ao que tudo indica, de 50 em 50 metros. O objetivo é fazer a ligações condominiais de esgoto. Ou seja, teremos um desenho de escada em forma de buraco por todas as ruas. E não adianta colocar as mãos na cabeça, pois não resolve.
Bonita mesmo só a perimetral, além da estrada que liga ao aeroporto. E á assim que a cidade deverá ficar depois que for concluído o trabalho de esgotamento sanitário e melhoria da rede de água. Mas, até lá, nem adianta lastimar nem pedir 'boneca enfeitada', pois não teremos. É ato de irrresponsabilidade calçar ou asfaltar rua que ainda será quebrada.

POR ESTE MOTIVO, restam poucas opções de propaganda que convença qualquer ouvinte dela. A meu ver, o prefeito deveria encerrar seus anúncios com uma honesta e sincera afirmação: "Araripina, um lugar em contrução".
Todo mundo sabe que está. Só falta coragem para afirmar que está e assim continuará por longos meses. É melhor a sinceridade. Até para começar a tratar câncer as pessoas recebem a infomação verdadeira que o cabelo vai cair. Não custa dizer: "Araripina, um lugar em construção". E detalhar, explicar, justificar, informar as vantagens de quebrar para depois solucionar de vez.
E, de preferência, informar que o carro fumacê vai passar em determinadas ruas, pedir para que abram as portas, pedir para que também combatam com inseticidas comeciais e que eliminem todos os focos de mosquito. Se o prefeito for na frente do carro fumacê com todos os agentes de endemias atrás, melhor ainda.
Desta forma a propaganda vai entrar e nem precisa ser feita por gente de fora.

Exemplo:
"A prefeitura adquiriu x ônibus novos para transportar com conforto os alunos e está conquistando uma UPA 24 Horas para acabar com as filas e o sofrimento de doentes nos postos de saúde e hospitais. A cidade está sendo toda quebrada para resolver o problema de esgoto e de falta d'água. Com estas obras, logo voltaremos a ser a princesa do Araripe.
Araripina, um lugar em construção".  

Simples assim e sem muito lero-lero. Aliado que é aliado vai sair repetindo e adverário que é adversário vai continuar falando de buraco, para sempre provar que é verdadeira a propaganda: ("Araripina, um lugar em construção").
Quem vai ter muito trabalho é o líder da oposição, Evilásio Matheus, para provar que não valeu a pena votar em Alexandre Arraes, o primo do governador.

Toca veneno na muriçoca, Sebastião do Padre! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário