sexta-feira, 15 de março de 2013

O munguzá famoso da Neide e a fama nova do Papa


O Papa Francisco está ficando famoso rapidinho, apesar das críticas de seus compatriotas, que o acusam de ter colaborado com a ditadura e dedurado irmãos jesuítas que depois foram presos. O munguzá da Neide, na Praça de D. Campelo, a famosa praça do Hospital de Araripina, já se consolidou e não registra nenhuma queixa até agora. É comida de primeira, daquelas que nossas avós faziam,  que o Papa precisa para reverter a onda de boatos negativos e começar a consolidar a imagem de homem puro e bondoso que tanto persegue.
Para fazer o brasileiro esquecer as piadas de Maradona o Papa vai precisar de muitos gestos. Comer o munguzá de Neide na praça do hospital ao lado dos sertanejos seria um desses gestos de aproximação. Quem gosta do Sumo Pontífice deseja o melhor para ele. Em se tratando de comida regional, melhor e mais prático que o munguzá da Neide, por enquanto, não há.
Os nossos votos é que o novo para argentino faça um bom trabalho de resgate da igreja e alimente de fé as ovelhas do mundo inteiro.
O munguzá de Neide já tem clientela certa e o Papa pediria se fosse feito em Roma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário