terça-feira, 26 de março de 2013

O IBOPE engole tudo: Até juro estratosférico.

Taxa de juros cobrada das famílias sobe para 24,9% ao ano












De acordo com dados divulgados na manhã de hoje (26) pelo Banco Central (BC), a taxa de juros cobrada das famílias brasileiras subiu em fevereiro. O índice subiu 0,2 ponto percentual, indo para 24,9% ao ano, de janeiro para fevereiro. No caso das empresas, a taxa ficou estável em 14% ao ano.

O coeficiente de inadimplência das pessoas físicas, considerados os atrasos acima de 90 dias, caiu 0,1 ponto percentual, indo para 5,4%. A inadimplência das empresas também ficou estável, em 2,3%.

O spread, diferença entre taxa de captação dos recursos pelos bancos e a cobrada dos clientes, ficou em 17,9 pontos percentuais, em fevereiro, queda de 0,1 ponto percentual em relação a janeiro. O spread das empresas também caiu 0,1 ponto percentual, para 7,7 pontos percentuais.

O saldo total do crédito do sistema financeiro chegou a R$ 2,383 trilhões, com crescimento de 0,7%, no mês, e 16,8%, em 12 meses encerrados em fevereiro. No mês passado, o saldo correspondeu a 53,4% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Esse é o mesmo percentual registrado em janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário