terça-feira, 5 de março de 2013

Os amigos do Banco do Brasil e os leitores das filas.

Somos clientes do Banco do Brasil e fazemos muitos amigos esperando um caixa funcionar para receber depósitos. É um transtorno aquilo. Muitos nos pedem para amolar a lingua e não maneirar nas palavras. Mas os  amigos do banco não têm culpa. É que eles são poucos e trabalham dobrado pela metade do que ganhavam no anos 70 e 80. É o Brasil do PT, que visa o lucro e faz o País esperar e até parar na fila. Pelo visto, os dirigentes não sabem fazer conta para descobrir o que representa uma manhã e uma tarde perdidas na fila dos bancos, repetidamente.
Pois bem. O gerente do BB é um excelente profissional e luta para melhorar tudo. Até já peitou os chefões e passou a deixar o ar ligado quando o expediente dos funcionários encerra, o que não acontecia antes. Cobramos isso aqui.
Falta agora resolver o problema de pessoal para contar dinheiro depositado e sobretudo contratar gente ou prestadora de serviço que cuide dos terminais para que todos funcionem. Ali está o problema maior. Ali está um dos motivos de estourar a fila no primeiro andar. Gente para contar dinheiro e irrigar as contas, para que não entrem no vermelho por irresponsabilidade do banco; gente para resolver problemas técnicos das máquinas, que são lentas e poucas.
Pronto. Deitei falação e não perdi meus amigos. Nem os do banco nem os da fila. No máximo ofendi algum petista enrustido lá por cima. Estes podem se queixar a Zé Dirceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário