sexta-feira, 22 de março de 2013

Dr. Ryan Lacerda mostra documentos para provar que deputado não troxe hemodiálise. Médico mostra até planta original e estudos inciais.

O blog acaba de receber do médico Ryan Lacerda resumo do conteúdo de sua entrevita à Rádio Arari FM, através da qual afirma ter desmentido o deputado Raimundo Pimentel, nesta luta que se estabeleceu pela paternidade da Hemodiálise que está sendo implantada no Hospital Santa Maria.
leia:

O deputado Raimundo Pimentel veio a esta mesma emissora e faltou com a verdade sobre o Centro de Hemodiálise que o nosso grupo político está conseguindo trazer para Araripina.
Primeiro ele (deputado) se colocou como pai da obra, afirmando que tirou de Ouricuri e trouxe para Araripina – E eu duvido que ele repita isso, sobretudo lá em Ouricuri.
Segundo, ele disse que eu, como empresário médico, tentei tirar de Araripina e levar para Ouricuri.
A  verdade é outra:
Da nossa luta, surgiu a autorização inicial para CONSTRUIR  uma Unidade em  Araripina e, em seguida, estudo comprovando a necessidade de duas: Uma em Araripina e outra em Ouricuri.

E sabe qual a diferença entre a minha participação e a do deputado nessa história da hemodiálise?
Simples: A UNICLINC investiu dinheiro suficiente para comprar um apartamento  lá em Recife, mas preferimos investir em nossa terra. Enquanto que o deputado tem apartamento em Recife, mora lá e só vem a nossa terra para fazer política pelos microfones, quase sempre faltando com a verdade e quase sempre denegrindo alguém.
ESSA É A GRANDE DIFERENÇA!
O fato concreto é que três médicos de Araripina, que gostam de Araripina, deram início a esta luta pelo Centro de Hemodiálise. E o fato mais concreto ainda é que somente este grupo, fortalecido com a eleição de Alexandre Arraes, está conseguindo destravar as coisas e trazer a Hemodiálise e outros investimentos.

VAMOS AOS FATOS:
1)    Lá no longínquo ano de 2005, eu, Ryan Lacerda, Dr. Divanágoras Holanda e meu irmão Dr. Valmir Filho decidimos montar em Araripina um hospital de última geração, um hospital moderno. Entre outras coisas,  este hospital seria dotado de um centro de Hemodiálise.
2)    Eu e Dr. Valmir Filho tocamos o barco adiante. Montamos a Uniclinic, com uma planta ampliada, e elaboramos o projeto da Unidade de Hemodiálise.
3)    Pagamos pela análise da água que seria utilizada na Hemodiálise. ÁGUA DE ARARIPINA para projeto de Araripina.
4)    Através do Consultor Valdinar Marinho, aprovamos carta consulta do Projeto no Banco do Nordeste.
POR ENQUANTO, COMO VOCÊS PODEM VER, APENAS QUESTÕES TÉCNICAS E EMPRESARIAIS ESTAVAM ENVOLVIDAS NO EMPREENDIMENTO.
Mas surgiu uma variável política e outra geográfica.

A VARIÁVEL POLÍTICA: Representantes de alguns  municípios discordaram da implantação da Hemodiálise em Araripina, fazendo alegações técnicas que podem ser questionadas.
Alegaram que Ouricuri era mais central e que era preciso ter uma UTI para poder funcionar uma Hemodiálise.
Também diziam que o Hospital Regional fica em Ouricuri e que era lá que seria implantada uma UTI.

A  VARIÁVEL GEOGRÁFICA:
Pacientes de Bodocó, Exu, Granito, Moreilândia, etc, eram doutrinados nos lugares onde realizavam hemodiálise a  não aceitar fazer o tratamento em Araripina. Alegaram que Juazeiro era mais perto e também que em Juazeiro existia UTI.

POR CONTA DISSO, NÃO VINGOU O PROJETO DE ARARIPINA, QUE CONFECCIONAMOS E APROVAMOS PARA A UNICLINC.

Foi aí que abrimos outro campo de batalha.
Procuramos o prefeito de Trindade, Gerôncio Figueiredo, que era também o presidente do  Consórcio Regional – CISAPE, e pedimos a ele que encomendasse um estudo técnico na secretaria de Saúde do Estado, pois a nossa consultoria afirmava que era possível montar duas Hemodiálieses na região: Uma em Araripina e outra em Ouricuri.
Isto foi feito. Fomos a Recife em sua companhia, pedimos o estudo, que finalmente apontou a viabilidade de duas unidades: a de Araripina e a de Ouicuri.
Neste momento, como empresário e como médico, entrei na luta pelas duas unidades.
A unidade de Araripina foi disputada pela UNICLINC  e pelo Hospital Santa Maria. Mas nós só disputamos a unidade de Araripina para respaldar o Hospital, pois desde o começo eu sabia que o filantrópico tem a preferência. As irmãs sabem disso; sabem que nós  ajudamos o Hospital nisso, inclusive estou numa parceria com o hospital e muito agradeçemos às irmãs pelo que estão fazendo e proporcionando que façamos pelos mais necessitados.
É somando forças que se constrói.


EU SEMPRE LUTEI PARA TRAZER O MELHOR E MAIS MODERNO QUE EXISTE EM EQUIPAMENTOS DE SAÚDE.

EU SEMPRE FUI AOS QUE PRECISAM DE SAÚDE. A CARRETA DA SAÚDE DA UNICLINIC É PROVA DISSO.
E eu faço um desafio, deputado: Em vez de agendar entrevista uma vez por mês, aproveite suas vindas ao Araripe e vamos nos embrenhar no mato atendendo o povo mais sofrido!
A carreta está a sua disposição. Nunca esqueça que você já subiu nela para atender em Gergelim, quando ainda tinha a ilusão de impor sua esposa como candidata do nosso grupo. Usou e elogiou nosso trabalho. Lembra?

O que eu digo, eu provo.
Eu provo que inicieamos o projeto da Hemodiálise junto com a primeira planta da Unicilic. Os projetos estão aqui, datados de 2005.

Eu provo que fomos ao Banco do Nodeste e aprovamos  carta-consulta para implantar a Hemodiálise em 2006.

Eu provo que fui com o então presidente do CISAPE à Recife e que lá solicitamos o estudo técnico que comprovou a necessidade de duas unidades, uma em Ouricuri e outra em Araripina.
Eu provo que lutei para fazer a de Araripina e também a de Ouricuri.
Os documentos estão todos aqui e vão ser distribuídos com os blogs da cidade.

E, por fim, eu provo que  gosto daqui, que moro aqui, que invisto aqui, que trabalho aqui, que me relaciono com as pessoas mais simples daqui,  e que respeito a inteligência do povo da minha terra.
CONTINUA

VEJA IMAGENS DOS DOCUMENTOS CITADOS POR DR. RYAN


Projeto da Uniclinc, datado de 2005. 





ART/CREA: Projeto de Tratamento de água. 



A referida entrevista contou com participações por telefone do prefeito Alexandre Arraes, Ricardo Arraes e Dr. Divanágoras. Também ao vivo, compareceu o vice-prefeito Valmir Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário