quinta-feira, 28 de março de 2013

Direto no fígado

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA
 Se quisesse, o PT teria indicado um de seus deputados para a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Preferiu escolher outras comissões. Com isso, abriu a picada que permitiu ao deputado-pastor Marco Feliciano, do inexpressivo PSC, chegar aonde chegou. Agora, o petismo comanda a infantaria anti-Feliciano.
Abespinhado, o deputado André Moura (SE), líder do PSC, aconselhou o PT a observar mais detidamente o PT. “Por que não pegar um espelho e olhar para si mesmo e perguntar: por que o PT indica para a Comissão de Constituição e Justiça dois mensaleiros condenados pela mais alta Corte deste país, o STF? Será que julgar a indicação do Feliciano, pelo PSC, é correto para um partido como o PT, que, volto a repetir, indicou dois mensaleiros condenados?”.
Moura referia-se aos sentenciados José Genoino e João Paulo Cunha. Desde o início do mês, os dois são felizes integrantes da Comissão de Constituição e Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário