terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Deputança no Araripe

Está tudo nublado e ninguém consegue ver com nitidez como será 2014 em Araripina e nas demais cidades da região. Tudo indica que teremos um candidato a deputado federal com a mão palaciana empurrando. A dúvida é o nome. Será Ricardo Arraes? Será Raimundo Pimentel? Para ser candidato e vencer, não pode ser franco atirador.
Saindo Ricardo ou outro nome ligado ao prefeito Alexandre, tudo indica que o candidato a deputado estadual será indicado por outro partido da ampla aliança que apoia Eduardo Campos. Aliás, dois ou três candidatos a deputado estadual da base aliada devem fazer dobradinha com esse candidato a deputado federal. Quem em Araripina? Quem em Ouricuri?
As opções são as de sempre. Em Araripina: Valmir Filho, Bringel, Dr. Divanágoras, Dr. Ryan. Alguém sabe de mais algum nome em Ouricuri, além do ex-prefeito Ricardo Ramos? No PMDB da cidade vizinha existe comerciante de peso interessado.
Uma coisa é certa: Não podemos mais abrir mão de um deputado federal. Não podemos mais servir de quintal para Petrolina.
Eduardo Campos deve isso ao Araripe e não pode sair do Palácio sem pagar. Com um deputado federal, o Araripe, definitivamente, reescreverá sua história. A começar pela construção do Canal do Sertão, única obra que solucionará o drama da seca e trará as condições para a nossa região se transformar numa fronteira agrícola. O Canal do Sertão tem projeto pronto e acabado, a pedido de Jarbas Vasconcelos, mas deixou de ser prioridade no governo Dilma. Ele pereniza barragens desde Araripina até o reencontro com as águas do velho Chico. Faz um arco-iris de riqueza. Mas, convenhamos, Dilma quer mesmo é gente dependente de Bolsa, qualquer bolsa que prenda o voto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário