quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

'CONFISCO' DE SUAPE: Eduardo Campos garante que vai reagir

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, em encontro com prefeitos de todo estado que acontece em Gravatá, garantiu que pretende dialogar, mas se o diálogo não for suficiente, recorrerá à justiça para manter a boa gestão estadual à frente do Porto de SUAPE.
Numa espécie de perseguição arquitetada pelo PT, a presidente Dilma iniciou procedimentos para tirar dos estados o direito de gerir seus portos. Há quem garanta que se trata de guerra declarada a Pernambuco. O certo é que os petistas querem mais cargos para acomodar companheiros e parte da turma de Renan Calheiros, que estica a corda visando mais comamando de empresas que dão lucro.
SUAPE vem sendo a mola propulsora do desenvolvimento de Pernambuco. Dilma pretende emparedar Eduardo com esta ameaça?

Nenhum comentário:

Postar um comentário