quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Receita petista: Reduzir saber para dominar mais fácil

Quem narra é Inaldo Sampaio:

"Em 10 anos de governos petistas no Recife, só em 2004 foi aplicado 25% da receita em educação

O Recife aparece em 25º lugar no Ideb (índice de desenvolvimento do ensino básico) das capitais e isso parece não ser de graça.

2- A cidade foi governada por prefeitos petistas nos últimos 12 anos e apenas em 2004 aplicou mais de 25% de sua receita de impostos na educação.

3- A Constituição Federal determina que a aplicação desse percentual mínimo é obrigatório e que se o prefeito não cumprir deve ter suas contas reprovadas pelo órgão competente: o TCE.

4- Durante os 8 anos de gestão do prefeito João Paulo, somente em 2004 a PCR aplicou mais de 25% da receita na educação.

5- Em 2001 aplicou 23,26%, em 2002 (24,76%), em 2003 (22,61%) e em 2004 (25,28%).

6- Em 2005 aplicou 20,13%), em 2006 (22,28%), em 2007 (23,50%) e em 2008 (15,43%).

7- O prefeito seguinte foi João da Costa, que também deixou de cumprir o mandamento constitucional.

8- Ele aplicou na educação em 2009 (20,67%) e em 2010 (22,72%),

9- Ainda não se sabe quanto aplicou em 2011 e em 2012 porque as contas desse período ainda não foram apreciadas pelo TCE.

10- As contas de 2009 foram apreciadas ontem pela Segunda Câmara do TCE, por parecer prévio pela rejeição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário