quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Liga os caixas do BB, Pereira!

O Banco do Brasil de Araripina já está ligando o ar condicionado para a clientela depois que os funcionaários encerram o expediente. Cobramos isso aqui e o gerente atendeu de pronto. Antes, ar fresco só em horário de funcionamento. Depois das três a suadeira descia pela perna.
Agora o problema é outro. Os caixas eletrônicos não estão dando conta. Ou são poucos e ultrapassados ou são mal geridos. Ou as duas coisas juntas. Comparando a velocidade com os da capital, é humilhação.
O fato é que muitos correntistas e usuários chegam na agência e ficam de cara para cima esperando alguém resolver o problema, enquanto a fila se agiganta, causando perda de tempo e aumentando o risco. Hoje o drama se repetiu.
É bem provável que a Diretoria regional só esteja exigindo cumprimento de metas e dando tapinhas nas costas pelos belos resultados financeiros da agência local. Talvez nem remunere por fora o gerente e os funcionários que consequem expressivos resultados, que rendem troféus.
O problema é que o cliente não come troféu nem faz depósito ou paga conta nos troféus que são conquistados ano após ano pela agência de Araripina - graças ao empenho desgastante dos funcionários.

Todos sabem que pedir mais funcionários em reunião de diretoria pode resultar em transferência de gerente para a "Caixa Prego do Norte". Mas é bom abrir o olho, pois a clientela uma hora cansa e muda de banco.

De tanto ouvir a estagiária gritar de fora para dentro da agência, já descobri o nome do 'sacrificado' que cuida dos ultrapassados caixas. O nome dele é Pereira. Coitado...
Liga os caixas, Pereira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário