domingo, 16 de dezembro de 2012

ONG Chapada é homenageada pela Câmara de Vereadores de Exu/PE


No centenário de Luiz Gonzaga, personalidades e organizações são premiadas na terra do rei do baião

Por Arméle Dornelas - Assessoria de Comunicação do Chapada  

O dia 13 de dezembro de 2012 foi marcado pelos cem anos de Luiz Gonzaga, símbolo do povo sertanejo. Com esse mote, na manhã da última sexta-feira (14), a Câmara de Vereadores de Exu promoveu uma sessão solene que premiou nomes importantes para o município. Deputados, vereadores, organizações da sociedade civil, representantes do judiciário além de profissionais das áreas de saúde, educação e artes receberam títulos e certificados na cidade do Araripe pernambucano. O Centro de Habilitação e Apoio ao Pequeno Agricultor do Araripe (Chapada) estava entre os homenageados por atuar em prol do desenvolvimento sustentável da região.


O evento contou com demonstrações culturais e apresentações de grandes nomes do baião. Todos faziam referência à obra de Luiz Gonzaga e à importância que esse cidadão de Exu tem para a cidade e para o Sertão. Nesse sentido, foram entregues os títulos de cidadão exuense a homens e mulheres que contribuem para o fortalecimento e valorização do município. “É um prazer receber todas essas pessoas aqui. Elas colaboram para o desenvolvimento sociocultural e turístico de Exu”, declarou o presidente da Câmara de Vereadores de Exu, Francisco Brígido.      


Organizações que possuem ações na região também foram condecoradas. O trabalho agroecológico, de incentivo à agricultura familiar e de inclusão social desenvolvido pela ONG Chapada foi reconhecido através do Certificado de Honra ao Mérito. A coordenadora geral da instituição, Valéria Landim, parabenizou e agradeceu a iniciativa da Câmara. “Luiz Gonzaga, através da sua música, chamou à atenção das autoridades do país não só para a seca, mas para as potencialidades, para o valor da cultura, da força e da esperança do povo nordestino. Parabéns a cidade de Exu por realizar um trabalho de preservação desse patrimônio que é de todo Brasil”, pontuou Valéria.


O centenário do Rei do Baião representa a história de luta de um povo. A cidade de Exu, através da Câmara de Vereadores, celebrou a união de forças para transformar realidades. As lembranças do homem que cantou e amou sua terra ecoam para todos e todas como a força necessária para construir e efetivar políticas que corroborem para um Semiárido mais justo.


ONG Chapada
Há 18 anos, o Chapada fortalece o desenvolvimento socioeconômico, político e cultural da agricultura familiar, através da agroecologia e efetivação da cidadania no Semiárido brasileiro. A cidade de Exu faz parte do território de atuação da organização, e tem resultados significativos no campo da agricultura familiar sustentável e da convivência com o Semiárido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário