sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Memória e lugar de Luis Gonzaga por 3 milhões


Estado quer pagar R$ 3 milhões por Parque Asa Branca. Família acha pouco e quer mais

O governo do Estado avisou nesta semana, aos familiares que administram o memorial do cantor e compositor Luiz Gonzaga, que planeja expropriar o Parque Asa Branca, em Exu, tendo reservado R$ 3 milhões para a indenização. O valor foi considerado irrisório e uma humilhação, considerando que os restos mortais do Rei do Baião, bem como de sua mulher, estão enterrados no museu. Também os país do cantor.
A discussão se arrasta desde o ano passado, quando os gestores ofereceram a proposta de compra ao Estado, na véspera do centenário, diante das dificuldades de manter o espaço.
No plano local, o governo do Estado já avançou bastante com o plano do memorial no Recife Antigo. A proposta museológica já está pronta e o espaço deve ser inaugurado no primeiro semestre de 2013, em tempo de ser visto pelos turistas que visitarem a capital pernambucana. É coisa de primeiro mundo, no mesmo nível do Museu da língua Portuguesa, em São Paulo. Pelas bandas de Exu, existe o receio de que o acervo de lá acaba sendo trazido para a capital, onde haveria realmente melhor condição de manutenção do acervo.
(Do blog de Jamildo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário