quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Mais do mesmo. Mas o salário está em dia, diferente do que ocorre ao servidor municipal.


Votação do Orçamento 2013 fica para o ano que vem

Fernanda Krakovics, O Globo
Temendo que a oposição recorresse à Justiça, o governo desistiu de votar o Orçamento da União para 2013 ainda neste ano. A votação ficou para o dia 5 de fevereiro. Os governistas queriam lançar mão de uma manobra no regimento do Congresso para aprovar a peça orçamentária nos próximos dias, mas PSDB, DEM e PPS ameaçaram contestar a operação no Supremo Tribunal Federal (STF).
Relator-geral do Orçamento, o senador Romero Jucá (PMDB-RR, foto abaixo) afirmou, nesta quarta-feira, que o novo salário mínimo, de R$ 678, será pago normalmente em janeiro.
O mesmo acontecerá com o reajuste de 15,8%, dividido em três parcelas anuais e cumulativas de 5%, da maior parte do funcionalismo. Isso porque a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) autoriza o governo a gastar 1/12 (um doze avos) para manter o custeio da máquina pública.


Nenhum comentário:

Postar um comentário