quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Gesso 'baiano'


 Em linha com a estratégia de focar os investimentos futuros na fabricação e distribuição de materiais de construção, o grupo francês Saint-Gobain anunciou hoje que irá produzir placas de gesso (mais conhecida como “drywall”) na Bahia.
A unidade será erguida no município de Feira de Santana e demandará R$ 125 milhões em investimentos. A expectativa é de que a fábrica, capaz de produzir 20 milhões de metros quadrados por ano, esteja pronta no segundo trimestre de 2014.
Trata-se da segunda unidade produtiva da Placo Brasil, empresa do grupo francês voltada à produção de drywall. A primeira fábrica funciona em São Paulo.   
“A localização foi estrategicamente escolhida, tanto pelos crescentes mercados do Nordeste, Centro-Oeste e Norte do País como pela maior disponibilidade da gipsita”, informou a empresa, em nota. A região de Araripina, no sertão de Pernambuco, concentra boa parte das reservas nacionais de gipsita, principal matéria-prima para fabricação de gesso.
De acordo com a empresa, a execução da obra deverá gerar mais de 300 postos de trabalho diretos e 150, indiretos. Para a operação da nova fábrica serão necessários 50 trabalhadores.
Recentemente, o grupo francês revelou ao Valor que estima investir entre R$ 300 milhões e R$ 400 milhões em 2013 para ampliar o portfólio de negócios no Brasil. Além da Placo, a Saint-Gobain controla empresas como Brasilit, Quartzolit, Cebrace e Telhanorte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário