sábado, 1 de dezembro de 2012

Araripina City



Não precisava ser profeta. Bastava ter coragem para se antecipar ao problema maior e denunciá-lo. Nós o fizemos.
A pergunta que se faz agora é outra: O cano que estava aí enterrado ainda está intacto? Alguém precisa obrigar a empresa a escavar e conferir, antes que ela se livre do problema simplesmente jogando mais terra no buraco. Outro alguém precisa aparecer para advertir que todas as valas que foram feitas e em seguida reaterradas estão como esta: mal compactadas.Todas, exatamente todas, vão ceder com a chegada do inverno e Araripina vai conhecer costela de vaca, canaleta e mata-burro na própria sede. Tudo dependerá da sua direção, pois os buracos estão por toda parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário