terça-feira, 13 de novembro de 2012

Tenente-Coronel exclusivo para rádios

O Tenente Coronel concedeu entrevista coletiva com 'exclusividade' para o pessoal de rádio. A 'abertura' foi divulgada ainda no final de semana por pessoas ligadas a sua assessoria.
Como não sou de rádio e nem enxerido, não fui lá fazer algumas perguntas.
Mas faço aqui:
1) Vossa Excelência  já bebeu água de Lagoa do Barro, esta mesma que servem a nossa população?
2) Vossa excelência já pensou em aproveitar a oportunidade para decretar falência hídrica e pedir ao governo do estado e CODEVASF duas máquinas perfuratrizes para deixar um saldo de vinte poços profundos às margens do riacho São Pedro e outros nas serras do Jardim, IPA e Rancho Grande, onde a presença de água boa e abundante está comprovada?

Vossa excelência nem tem noção da forma que entraria para a nossa história se conseguisse fazer isto. Seria uma bela forma de mostrar que é possível acabar com a indústria da seca. De quebra, ainda deixaria para Alexandre Arraes os instrumentos para dar início a um programa de universalização da água na zona rural.

É uma bela oportunidade de mostrar o quanto é durão para fazer o que é duradouro.

A ENTREVISTA
Conversei com um amigo do meio radiofônico e fiquei sabendo de alguns detalhes da entrevista. Mas deixo para os amigos do setor a guerra pelos furos. Amanhã você terá a oportunidade de ouvir a ainda desconhecida 'voz de veludo' do  interventor. As opções aos raiar do dia são duas: Genival Souza (Grande Serra) e Iveraldo Nascimento (Arari). Na sequência, os desdobramentos e análises de Martinho Filho, também na Arari  FM. É assunto que não se acaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário