terça-feira, 27 de novembro de 2012

A FLAMAC faz lama e o servidor municipal faz protesto. Interventor desce a 'rampa' para escutar.


Interventor de Araripina recebe Carta Aberta do Sindicato dos Servidores



O Interventor do município de Araripina, Tenente Coronel Adalberto Freitas recebeu na manhã de hoje (27) uma Carta Aberta entregue pelo SIMA – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araripina, assinada pelo seu presidente Tiago Josimar da Silva.

Na Carta Aberta, o SIMA elenca os assuntos tratados na Assembleia da categoria no dia 22 de Novembro de 2012 quando os membros deliberaram sobre diversos assuntos. O principal tema foi a insegurança com relação ao pagamento do 13º salário dos servidores municipais, a regularidade do pagamento dos servidores da saúde e o pagamento dos dois meses atrasados dos servidores temporários.
O presidente do SIMA protocolou a entrega da Carta juntamente ao Interventor do município, Adalberto Freitas que respondeu publicamente aos questionamentos feitos pela população. Adalberto Freitas destacou a situação previdenciária do município que se encontra com um débito junto à União de R$70 milhões. Tranquilizou ainda que o pagamento do mês de novembro será efetuado antes do final do mês, provavelmente na sexta-feira, dia 30


Com relação ao pagamento do 13º salário o Interventor afirmou que está no aguardo do repasse do Fundo de Participação dos Municípios – FPM para avaliar se será possível pagar o 13º salário em sua totalidade ou de maneira parcial. “Temos uma previsão de aumento de recursos para o mês de dezembro, mas precisamos esperar esta previsão se concretizar. Só assim poderemos garantir o pagamento deste direito dos servidores”, disse.
Adalberto Freitas também destacou a importância da reivindicação dos direitos dos servidores e novamente se colocou à disposição para deliberar sobre os assuntos que se referem à municipalidade.


MEU ARARIPE
Araripina nunca mais será a mesma. Disso podem ter certeza. Os servidores criaram coragem e já enfrentam um Tenente Coronel enviado pelo 'príncipe', no mesmo instante em que as ruas viraram um lamaçal com buracos em longitudinal e em breve em espinha de peixe (para colocação de canos de esgoto que não darão conta do recado e estourarão logo no primeiro teste. Sabendo que o mau serviço da FLAMAC está só no começo e que as chuvas podem ser fracas mas virão, fica definitivamente quebrado  o clima de letargia antes reinante e criado  o ambiente de desconforto nos bairros centrais, que até pouco tempo acreditavam não ser parte do problema que a outros atingia. Qualquer sociólogo de boteco sabe no que isso resulta.

O Meu Araripe já anunciava o caos em 2 de setembro de 2011. Veja aqui e busque outras.

Um comentário:

  1. Aqui esta a carat entregue ao senhor interventor, obrigado pela cobertura - Tiago Silva - Presidente do SIMA

    CARTA ABERTA AO POVO DE ARARIPINA - PE

    DEVIDO À INTRANQUILIDADE PELA QUAL OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE ARARIPINA VEEM SOFRENDO GOSTARÍAMOS DE EXTERNAR O SEGUINTE:
    1. Os servidores públicos municipais de Araripina repudiam qualquer possibilidade de pagamento do seu 13º após de 20 de dezembro de 2012;
    2. Repudiamos as declarações do Senhor Interventor Adalberto Freitas, quando em entrevista coletiva e na Câmara Municipal, disse que o 13º salário do servidor público não está assegurado. Exigimos a segurança do repasse;
    3. Informamos o descaso da Prefeitura Municipal de Araripina no que se refere, ao pagamento dos temporários/contratados por tempo determinado, pois seus pagamentos encontram-se dois meses atrasados, os salários não são pagos em data fixa e o 13º salário proporcional não está assegurado;
    4. Estamos indignados com a dispensa de centenas de temporários. Pais de família que do dia para noite tornaram-se desempregados, apresentando assim um desrespeito da Prefeitura Municipal de Araripina, pelo fato de não avisar previamente sobre tal ação;
    5. Informamos o esforço do SIMA-SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICPAIS DE ARARIPINA em apresentar a insatisfação dos servidores municipais frente a atual crise. O SIMA a partir de ofícios, reunião com interventor, assembleia com servidores e contatos diários em postos de trabalho apresentou preocupação com os temas como: pagamentos, consignados e calendário de pagamentos;
    6. Pedimos apoio ao comércio de nossa cidade na luta de garantir nossas conquistas, já que os comerciantes e comerciários também são vítimas do caos financeiro na vida do servidor, onde o mesmo diminuiu seu poder de compra e com a incerteza do pagamento do 13° salário dificilmente provocará melhores dias;
    7. Estamos em uma cidade onde a saúde pública encontra-se na UTI. Profissionais com salários atrasados, serviços no setor não pagos (empenhados há meses), falta de medicamentos em PSF e de estrutura para funcionamento;
    8. Pedimos que a Câmara Municipal de Araripina mantenha fiscalização e denúncia ao que se trata da situação terrível que se encontram os servidores;
    9. Queremos que a Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco observasse a situação que encontra-se nosso município;
    10. Que o senhor Governador Eduardo Campos, responsável pela indicação do interventor Adalberto Freitas, apresente sua preocupação com povo de Araripina sensibilizando-se com os servidores públicos e atuando na busca de resolver nossas angústias;
    11. Parabenizamos os SERVIDORES MUNICIPAIS DE ARARIPINA, efetivos e temporários, pela conduta no trabalho e de UNIDADE na defesa de seus direitos. O servidor que diz NÃO a qualquer ação de desrespeito é quem garante o funcionamento diário do serviço municipal, atendendo pacientes, ensinando aos filhos dos trabalhadores de Araripina, conduzindo serviços administrativos dentre outros. Por isso aterrorizar á vida destes trabalhadores é deixar intranquila a nossa comunidade.

    SERVIDORES MUNICIPAIS DE ARARIPINA
    Araripina, 27 de novembro de 2012

    ResponderExcluir