quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Números aos bois

Quem pega a estrada se assusta com a quantidade de animais mortos deixados pelos proprietários na beira da BR 316. O mesmo acontece na 232. O quadro é deplorável, mas a nossa presidente Dilma só pensava em derrotar José Serra em São Paulo. Agora, só pensa em como ajudar o petista eleito naquela capital. Ou seja: a seca que castigue.
Aos números, segundo Magno Martins:

 O secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, amanheceu, ontem, na feira de gado em Tabira, e constatou o desespero dos criadores, que estão se desfazendo dos seus planteis a qualquer preço. Uma rês que em épocas normais se vendia a R$ 1,5 mil estava sendo comercializada a R$ 300.

Seca abate 800 mil reses - Pernambuco pode perder 800 mil cabeças de gado com a seca, das quais 200 mil vencidas pela fome, e o restante vendida para abate. Com o agravamento da estiagem, 154 mil reses foram comercializadas este ano nas feiras contra 35 mil no ano passado, ou seja, quatro vezes a mais. O plantel do Estado está estimado em 2,5 milhões de cabeças, segundo a Adagro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário