sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Laudo de análise condena água da Barriguda. Prefeitura terá que interditar barragem.

Dez agentes perigosos nas águas na barragem localizada em Nascente
Laudo inquietante para a população que se serve de água da Barragem da Barriguda, em Nascente. O resultado de análise informa que a densidade de cianobactérias é de 339.760 células/ml, quando o tolerável é de apenas 50.000 cel/ml.
Agentes Sanitários estiveram nesta sexta-feira na secretaria de agricultura apresentando (cm protocolo) o laudo a Danda Simeão, que de imediato comunicou ao titular da pasta, Brenno Ramos. Só há uma medida a ser tomada: Interdição.
Alguns dos principais táxons encontrados: Cylindrospermopsis raciboski, Pseudonanabeana sp., Konvophorum minutum Skuja.
Foi esta a água servida  por longos meses de  seca a conterrâneos de Nascente, Gergelim e arredores.

Lagoa do Barro é pior
O laudo de Lagoa do Barro ainda está sendo aguardado. Contudo, não há dúvida: a qualidade do líquido é pior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário