terça-feira, 13 de novembro de 2012

CRISE NA SAÚDE LOCAL: Com três meses de atraso, médicos podem parar.

Médicos que prestam serviços ao município de Araripina ameaçam parar a partir da próxima semana, caso não haja quitação dos salários atrasados. Segundo informou uma fonte deste blog, estão em atraso os meses de julho, agosto e outubro. De forma inexplicável, o mês de setembro foi honrado e os anteriores não.

Reunião preparatória da greve
Estava previsto, até o meio dia de hoje, uma reunião entre os médicos que se sentem prejudicados com os atrasos nos salários. O encontro, ainda sem líder, deveria acontecer no Hospital Santa Maria.

Informações contraditórias
Enquanto médicos reclamam salários atrasados, outra fonte deste blog informou, ainda na semana passada, que o interventor teria feito generosos repasses para a Saúde, a fim de integralizar a contrapartida do município.
A ideia que fica é de inexistência de Conselho de Saúde. Este, de fato, sabe tudo que acontece. "Ou não", como diz Caetano Veloso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário