segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Reposição do rebanho


Quando estivermos livres desta seca inclemente, muito terá que ser feito para tornar rentável e possível a atividade rural nos municípios da região Araripe. Ainda não se tem notícia da exata extensão do êxodo de abelhas para regiões menos castigadas.
Contudo, até pelo pouco berro é possível saber que os rebanhos caprinos, ovinos e bovinos foram parcialmente eliminados na região. Parcialmente é somente uma forma de dizer que nem tudo foi vendido a preço de fim de feira, ou que simplesmente morreu.

FEIRAS E EXPOSIÇÕES
O prefeito Alexandre Arraes já pode começar a pedir a seus aliados ainda com portaria na prefeitura que tomem providências para marcar feiras e exposições no município, lá pelo mês de maio, junto a Secretaria de Agricultura do Estado. Pelo menos, que reservem datas neste período para a realização de Exposição de Caprinos e Ovinos e também uma grande Exposição de Bovinos fora do Parque do Cordeiro. Sim! É preciso trazer o governador Eduardo Campos, os superintendentes de Bancos e se possível a própria presidente Dilma para o nosso terreiro, a fim de forçar os bancos a tratarem de liberar empréstimos para aquisição de animais de leite, com dois meses de antecedência em relação às exposições. Sem isto, o rebanho da nossa região vai demorar muito a ser o que já foi antes da grande estiagem.


CAPRINOS E OVINOS
Araripina estava acostumada a realizar duas feiras de caprinos e ovinos. Uma grande e muito frequentada, com resultados expressivos, no Parque de Eventos, e outra em Lagoa do Barro, para prestigiar a ACCOAR. O prefeito Lula Sampaio acabou com a primeira e deixou apenas a segunda.
É dever de Alexandre Arraes chamar o governador para dentro do negócio e 'vitaminar' ambas, sobretudo a do Parque de Eventos, que é para onde se voltam as atenções e holofotes. E, também, para onde se pode arrastar autoridades com caneta e poder decisório para repovoar o nosso município com rebanhos de boa linhagem. Se a feira for apenas para vender o pouco que restou, é melhor nem fazer. Neste caso, é melhor pegar o dinheiro a ser gasto, comprar animais de raça e distribuir com criadores responsáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário