quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Pelo fim da Indústria da Seca

A Articulação no Semiárido pernambucano (ASA-PE) realizará amanhã (18), no município de Salgueiro, Sertão Central, um ato público para cobrar do Governo do Estado agilidade na liberação das medidas emergenciais de combate aos efeitos da estiagem e na implementação de ações estruturantes. 

A mobilização acontecerá a partir das nove horas, no Ginásio Poliesportivo da cidade, onde o governador Eduardo Campos estará para fazer o lançamento do Programa Chapéu de Palha Estiagem.
 
Na ocasião, também será entregue a Eduardo a Carta do Araripe, documento formulado durante o Encontro Estadual da ASA-PE, que ocorreu na semana passada, na cidade de Araripina. Na Carta estão reivindicações de caráter emergencial propostas pela sociedade civil e por agricultores.
 
“Na verdade, o documento que será entregue não traz nada de novo para o Governo, apenas reforça a pauta de reivindicações da sociedade civil, mas com o olhar, sobretudo, para a conjuntura atual de seca”, explica a coordenadora executiva da ASA-PE, Neilda Pereira.

(Do blog de Magno Martins)

NOSSO 'MOLHO'
Com o que se gasta com o pagamento de um caro-pipa durante seis meses é possível perfurar um excelente poço em qualquer parte dos municípios atingidos.  A partir dos poços, é possível construir chafarizes em locais distintos, evitando assim o uso político e até irresponsável do carro-pipa e, mais do que isso, evitar a farra que se faz com recursos públicos a cada longa estiagem.
A cada ano de seca que coincide com uma eleição, uma leva de ladrões de recursos públicos e de consciência alheia se elege representante do povo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário