segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Não se obrigue entender


Em 1989 se estabeleceu neste país a idéia de que havia um candidato novo. E o povo votou no tal do novo para dirigir o país. O novo era o (Fernando) Collor e vocês sabem o que aconteceu.
Lula, em comício em Diadema (SP) defendendo a reeleição de Mario Reali (PT). No dia anterior defendeu o novo, Fernando Haddad , em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário