quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Boba Sampaio obteve 1.465 votos. Se forem validados pelo TSE, Doval e Genival ficam de fora e assumem Boba e Silvano.


Com a anulação dos votos dados a Boba Sampaio, a Câmara de Vereadores de Araripina ficou com a seguinte constituição:
Tião do Gesso (PR)
Luciano Capitão (PSB)
Bringel Filho (PSDB)
Evilásio (PST)
Aurismar (PTB)
Edvaldo (PR)
Camila (PT do B)
João Dias (PSC)
Tico de Roberto (PRB)
Genival da Vila (PDT)
Humberto Filho (PSB)
Luuis Henrique (PSL)
Deval (PR)
Doval (PC do B)
Divona (PRTB)

Contudo, caso o TSE decida pela validação dos votos dados a petebista e irmão de Lula Sampaio, a câmara sofrerá considerável mudança.
O quociente eleitoral (QE), que é de 2.748 sem os votos de Boba (anulados) passa a ser de 2.846 com estes mesmos votos computados.
Isto implica dizer que Boba Sampaio tomará  a vaga de Genival da Vila (PDT_ e que Silvano do Morais (PRB) tomará a vaga de Doval (PC doB), uma vez que o PC do B deixa de atingir o Quociente Eleitoral.
A votação nominal somada aos votos de legenda do PC do B foi deram resultado de apenas 2.772 votos, número insufieicnete para eleger o primeiro vereador caso o QE  suba para 2.846 com a posse de Boba.
Desta forma, como a coligação de Boba elegeria 3 vereadores em primeira chamada e ficaria com uma sobra de apenas 243 votos e média de 2.195, as vagas a preencher com sobras ficariam para o PSB (maior média) e para PRB, que teria sobra de 1.713 votos e média de 2.224.
Assim ficaria a composição da Câmara de Vereadores com a validação dos votos de Boba Sampaio:
Tião do Gesso (PR)
Luciano Capitão (PSB)
Bringel Filho (PSDB)
Evilásio (PST)
Aurismar (PTB)
Edvaldo (PR)
Camila (PT do B)
João Dias (PSC)
Tico de Roberto (PRB)
Boba Sampaio (PTB)  Em substituição a Genival da Vila (PDT)
Humberto Filho (PSB)
Luis Henrique (PSL)
Deval (PR)
Silvano do Morais (PRB) Em substituição a Doval (PC do B)
Divona (PRTB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário