sexta-feira, 19 de outubro de 2012

A famosa Via Mangue, que mesmo antes de pronta supervalorizou apartamentos em toda capital pernambucana a partir de Boa Viagem.



Quando deixar o comando da Prefeitura do Recife, no dia 31 de dezembro deste ano, João da Costa (PT) terá no balanço da sua gestão 40% das obras da Via Mangue, o corredor viário expresso que ligará o Centro à Zona Sul, concluídas. O petista gaba-se de ter sido o gestor responsável por tirar do papel o projeto, que, de acordo com ele, é a maior obra viária em construção nas capitais do País e, em visita ao canteiro de obras na manhã desta sexta-feira (19), ressaltou que este é um dos maiores legado da sua gestão.
"Tem algumas partes que estão concluídas, mas não podemos inaugurar porque depende de outras partes. Obras que por enquanto ligam nada a nada", explicou o prefeito.

Atualmente, 30% da obra está pronta. Neste sábado (20), será liberada a Rua Ana Camelo, em Boa Viagem, que liga os binários da Francisco Cunha com a Nelson Hungria. Já no próximo sábado (27), será a vez de inaugurar a alça que liga o viaduto Capitão Temudo à Via Mangue - pela Rua Saturnino de Brito, no bairro da Cabanga - e o complexo viário do Pina, a porta de entrada da Via Mangue. O complexo inclui 40 novas ruas (entre construídas e requalificadas) que dão acesso ao novo shopping Rio Mar, cuja inauguração está marcado para o dia 30 deste mês.

Até setembro de 2013, devem ser entregues as obras da alça estaiada - conexão entre a Ponte Paulo Guerra e a Via Mangue - e a ponte que ligará o corredor à comunidade Encanta Moça. Com 5 quilômetros de extensão e R$ 552,8 milhões investidos, a Via Mangue não terá sinais de trânsito nem cruzamentos e deverá ter uma velocidade média de 60 Km/h. As obras começaram em abril do ano passado.

(Do JC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário