domingo, 23 de setembro de 2012

Recife: Humberto despenca e Daniel Coelho já é segundo. Geraldo vence com folga.


Geraldo estaciona e Daniel passa Humberto em nova pesquisa IPMN/JC

(Arte: Kesiah Costa/NE10)
A pesquisa do Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau/Jornal do Commercio para prefeito do Recife divulgada neste domingo (23) mostra o candidato Daniel Coelho (PSDB) como o único que cresceu nesses últimos dez dias, atingindo os 22% das intenções de voto e ultrapassando Humberto Costa (PT), que segue em queda livre e se encontra com 16% na terceira colocação. Geraldo Julio (PSB) continua na liderança, mas sem crescimento na nova amostragem IPMN/JC. Variou um ponto percentual para baixo em relação à pesquisa anterior, ficando com 38%. Mendonça Filho parou de cair e variou um ponto para mais, atingindo 6%.
Veja a íntegra da 6ª pesquisa IPMN

Geraldo Julio (PSB), pela primeira vez desde a primeira pesquisa, não apresentou crescimento. Na primeira avaliação IPMN/JC, em 12 de julho, o candidato do PSB possuía 7% das intenções de voto. Um mês depois alcançou 14,4%. Em 23 de agosto chegou à segunda posição, com 22,2%. Em 6 de setembro, foi a 34% e ultrapassou Humberto Costa (PT). Na pesquisa anterior, no dia 12 de setembro, Geraldo chegou a 39%. Dez dias depois o candidato apresentou uma variação de um ponto para menos, ficando com 38%. Estacionou. É aguardar a próxima pesquisa para saber se o socialista atingiu seu teto, o que o deixaria mais distante dos planos de liquidar a disputa no primeiro turno.

O deputado estadual Daniel Coelho (PSDB) segue crescente. Após três pesquisas, entre 12 de julho e 23 de agosto, quando o candidato esteve estacionado, obtendo respectivamente 6%, 5,5% e 5,7%, o tucano decolou na reta final. Na pesquisa do dia 6 de setembro, obteve 12%, saindo da quarta para a terceira colocação. Uma semana depois, Daniel chegou a 15%, diminuindo para sete pontos percentuais a distância para o segundo colocado, Humberto Costa (PT). Agora Daniel assume a segunda posição, com 22%, seis pontos a frente do petista. Se o percentual de Geraldo seguir estacionado e Humberto não se recuperar, Daniel deve figurar no segundo turno diante de Geraldo Julio.
Em simulação de segundo turno, Geraldo Julio venceria com folga

O senador Humberto Costa (PT) segue em queda livre. O petista figurava com 36% das intenções de voto na primeira pesquisa, em 12 de julho, e apresentou quedas em todas as pesquisas. Foi a 32,5%; depois, 31,1%; em setembro, caiu para 26% - desceu para o segundo lugar – e, em 12 de setembro, pontuou 22%. Agora, nova queda: 16% das intenções de voto e em terceiro lugar. Humberto tem duas semanas para recuperar a segunda colocação para figurar num segundo turno. Isso torcendo para que a candidatura de Geraldo Julio (PSB) siga estacionada para a disputa não ser finalizada no primeiro turno.

Mendonça Filho (DEM) parou de desidratar. O deputado federal, que começou a corrida eleitoral na segunda colocação, com 21%, caiu em todas as pesquisas, obtendo 17% e 15,1% em agosto, sendo ultrapassado por Geraldo Julio (PSB); e em setembro, fez 9% e 5%, caindo para a quarta colocação após ser ultrapassado por Daniel Coelho (PSDB).

Os candidatos Roberto Numeriano (PCB), Edna Costa (PPL), Jair Pedro (PSTU) e Esteves Jacinto (PRTB) somam, juntos, 1% das intenções de voto. Votos brancos e nulos somam 9%. Não sabem em quem votar/não responderam, 8%.
Veja também: Pesquisa IPMN aponta que apenas 14% aprovam gestão João da Costa

A pesquisa IPMN/JC foi realizada entre os dias 20 e 21 de setembro, com 1079 entrevistados e apresenta uma margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A confiabilidade é de 95%.
Veja a pesquisa anterior, do dia 12 de setembro: Em nova pesquisa JC/IPMN Geraldo abre 17 pontos sobre Humberto. Daniel tem 15% e Mendonça 5%

ESPONTÂNEA - A duas semanas da votação, as variações para baixo na pesquisa espontânea foram muito baixas. Ou seja, a esta altura o eleitor já sabe quem são os candidatos e qual é o seu candidato. Geraldo Julio (PSB) tem 36% na espontânea, uma baixa de apenas dois pontos se comparado à estimulada, quanto os nomes dos candidatos são exibidos. Daniel Coelho (PSDB) tem 21% na espontânea, tendo variado apenas um ponto em comparação à estimulada. Mesma variação teve Humberto (PT), que ficou com 15% na espontânea. Mendonça manteve os 6% na espontânea e estimulada.m

VOTOS VÁLIDOS - O candidato do PSB à Prefeitura do Recife aparece muito perto de vencer a disputa no primeiro turno. Geraldo Julio tem 46% dos votos válidos, contra 27% de Daniel Coelho (PSDB), 19% de Humberto Costa (PT) e 7% de Mendonça Filho (DEM). Os outros candidatos somam 1%. Os votos válidos são gerados a partir dos valores de intenção de voto de cada candidato na pergunta estimulada, descontados os votos brancos, nulos e indecisos.

Na Justiça - Na tarde da última sexta-feira (21), a coligação liderada pelo candidato do PT a prefeito do Recife recorreu à Justiça Eleitoral contra a publicação desta nova rodada de pesquisa JC/IPMN. Os petistas contestaram vários itens do levantamento alegando que a pesquisa induziria o entrevistado a escolher o candidato Geraldo Julio (PSB). Entenda mais AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário