domingo, 16 de setembro de 2012

Onde quase ninguém chegou

Hoje, na companhia do vice-presidente  do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Araripina, o amigo incansável Nem, fui a lugares que muitos sequer sabem que existe. Visitei amigos que poucos dão prestígio e atenção. Para que tenham uma ideia, fui à extrema de Araripina com Trindade e Ipubi; voltei e fui à extrema de Araripina com Salitre e Ipubi, e depois cai no miolo do município. É rojão. Ontem, depois de quatro reuniões, fui para a carreata-comício, e depois das onze ainda fui a uma festa de batizado na Jurema e um mungunzá no Cavalete. Já cheguei em casa depois de 1 da manhã. Acordei às 6 e estou voltando agora, depois de fazer um X percorrendo nosso território. Por onde andei, espalhei laranja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário