segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O lado B do emprego no Brasil

O Globo
No mesmo país que reúne 1.133 cidades em condições de pleno emprego, há outras 32 com taxas de desocupação acima de 20%, apontam os dados do Censo 2010. É fato que elas são uma minoria, representando menos de 1% dos 5.565 municípios brasileiros.
Mas, sem dúvida, são um retrato das desigualdades regionais que, mais uma vez, persistem, a despeito do crescimento econômico dos últimos anos. Enquanto mais da metade dessas cidades está no Nordeste, o Sul não tem sequer um município com taxa de desemprego tão elevada.
— O mercado de trabalho no Sul é mais organizado, num reflexo do desenvolvimento econômico dos seus estados — resumiu João Saboia, professor do Instituto de Economia da UFRJ.
Leia mais em O lado B do emprego no Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário