segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Mensalão: Duas conversas e nenhuma verdade

Foi muito eficiente a defesa do ex-ministro José Dirceu feita pelo advogado José Luiz de Oliveira Lima, segundo alguns juristas que consultei há pouco.
Acusação e defesa não são obrigadas a ser isentas. Pelo contrário. Cada lado conta uma história a partir de um mesmo conjunto de fatos.
Dos juízes, sim, espera-se isenção na busca da verdade - por mais relativa que seja a verdade.
Ouvimos duas histórias completamente diferentes até agora sobre a participação ou não de Dirceu no esquema do mensalão.
As duas histórias serão recontadas quando os juízes começarem a votar, absolvendo ou condenando os réus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário