terça-feira, 3 de julho de 2012

Quatro horas de repouso

Apenas quatro horas de sono. Foi esse o meu direito a repouso. Já estou de pé outra vez. Agora, cuidando da papelada de amigos. É assim mesmo: aliado começa a dividir as mesmas tensões e problemas e vira amigo do peito rapidinho, a ponto de arrancar você da cama em plena madrugada para seus problemas ajudar a resolver. Mas, antes, vou ver o que tenho a dizer aos leitores. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário