domingo, 22 de julho de 2012

Porta-a-porta no Cavaco

A vila do Cavaco é um lugar diferente. Para se ter voto lá é preciso andar casa por casa. Os moradores respeitam  a liderança de alguns representantes, mas cada um quer receber o candidato em sua casa. Foi o que fiz ontem, passando e ouvindo na parte mais antiga da vila. Tenho muitos serviços prestados na vila: Criei a associação, formei lideranças comunitárias orientando-as a lidar com burocracia e com as massas, conseguiu aprovar projetos de Fábrica de Farinha, trator, laboratório fitoterápico, e depois dessa formação, até uma emissora de rádio foi conquistada por eles, prova maior da evolução daquela gente.
Andei e voltarei a andar casa por casa no Cavaco.  Eu e o povo, eu e as lideranças que querem o bem daquele lugar. Eu e os que querem trabalhar com seriedade. Sem MUDOCRACIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário