domingo, 29 de julho de 2012

Pelo Brasil

No entanto, Lindberg diz que resistirá aos olhos azuis do socialista e garante que não sairá do PT. Até 2014, porém, muita água ainda rolará, e Campos tende a jogar mais pesado, decidido que está a fincar bases sólidas no Sudeste. O flerte, portanto, não acabou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário