segunda-feira, 2 de julho de 2012

Nervos de aço

Esta é uma eleição para quem tem nervos de aço. Até o dia 5, quando todas as atas deverão ter sido entregues ao cartório, muitos boatos vão surgir, geralmente partindo dos mais fracos de conduta e ética para abalar os mais fracos de espírito e nervos. Tal boataria visa, tão somente, influenciar partidecos sem  postura nem firmeza de propósitos, quase sempre com o intuito de balançar e derrubar por qualquer migalha.
Não coma mentira. Não propague mentira. Não leve mentiras ao candidato. Ele (s) precisa (m) de tranquilidade para amarrar as questões centrais da campanha. Leve em conta uma coisa: A má notícia sempre chega primeiro. Não seja um correio da mentira. Fica feio para você e o deixa nivelado aos trânsfugas e mercenários. Lembre de quantas lorotas você foi induzido a espalhar durante todo esse processo pré-eleitoral. Lembre quantas vezes chegou a mentir por acreditar nesse tipo de artimanha dos malignos.  Agora lembre-se do dia da convenção, quando tudo ficou esclarecido, claro e cristalino e compare com a névoa cinzenta que aparecia em sua mente quando a boataria reinava. Agora, por fim, fique sereno, produzindo boas coisas, que sejam edificantes,  favoráveis à causa que você defende por acreditar. Seja um guerreiro valente, porém prudente. Não provoque nem aceite provocações. Apenas, e tão somente, defenda a sua honra com a força da palavra, quando necessário for. E conquiste o seu espaço, não deixando que pessoas ardilosas cheguem a  criar-lhe constrangimentos ou embaraços.
Bom dia e bom início de semana.
O meu começou cedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário