sexta-feira, 27 de julho de 2012

Governador com agenda administrativa em Ouricuri e familiar em Araripina

Eduardo Campos esteve no Araripe nesta sexta-feira. Em Ouricuri, cumpriu agenda administrativa. Em Araripina, esteve na casa do primo Alexandre Arraes, onde foi calorosamente aplaudido e assediado por militantes.

De passagem para Fronteiras, onde pegou avião para retornar a Recife, o governador Eduardo Campos viu o anoitecer a partir da casa do primo e prefeito de Araripina, Alexandre Arraes, cercado de amigos, aliados e de militantes que descobriram seu roteiro. O neto de Arraes não se conteve e usou o microfone de um carro-de-som, falando da velha amizade que faz questão de cultivar com Alexandre Arraes, pontuando que sempre visitou sua casa em momentos bons e momentos de dificuldade.
Dirigindo-se a uma plateia de Rancharia que estendia faixa alusiva à estrada daquele distrito,o neto de Arraes informou que a ordem de serviço foi assinada dois dias atrás, no Palácio, e que o prefeito foi informado no exato momento da assinatura, tendo ficado quese 'mudo' com a notícia. No mesmo fôlego, falou da ordem de serviço que assinou para iniciar a obra de recuperação, ampliação e readequação da avenida perimetral.

GRANDE COMÍCIO
Eduardo Campos anunciou também que virá a Araripina para um grande comício de reforço à candidatura de Alexandre, sem definir data. No momento, não tocou na palavra voto, evitando assim qualquer risco de exploração por parte dos adversários.

TIETAGEM E GRITOS DE 'PRESIDENTE'
Assediado da hora que chegou até a hora que entrou no carro, Eduardo perdeu a conta das vezes que posou para fotos ao lado de aliados e simpatizantes. Nem quando dava entrevistas o governador podia se movimentar sem embaraços. Enquanto falava, ouvia gritos de "Meu presidente", uma clara demonstração de que seu projeto de virar presidente da República chegou à boca do povo.

Ainda não disponho de imagens. Dependo de Fabiano para disponibilizá-las.

EM OURICURI
ranilson_ramos_foto_luiz_correia
Pedro Tinôco
Logo mais, a partir das 14h, o governador Eduardo Campos e o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas participam de solenidade do Programa “Terra Legal Pernambuco”, que vai beneficiar 1,3 mil famílias de trabalhadores rurais em Ouricuri, Sertão do Araripe, com títulos de propriedade de terra. Os títulos são registrados em cartório pelo Governo de Pernambuco, sem qualquer custo para o agricultor.
No total, 11 mil famílias serão atendidas pelo Programa em Ouricuri. Os investimentos na ação serão da ordem de R$ 2,3 milhões, oriundos de convênio celebrado com a Secretaria Nacional de Reordenamento Agrário – MDA. Na ocasião, o ministro também lançará no Estado, o Plano Safra 2012/2013, que destina R$ 650 milhões para investimentos no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), em Pernambuco.
O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, que também estará em Ouricuri, destaca que o “Terra Legal – Pernambuco” é um dos mais ousados programas de regularização fundiária em execução no Brasil. “Até 2014, a meta do Governo do Estado é regularizar a propriedade da terra de 120 mil famílias em Pernambuco”, salienta

Nenhum comentário:

Postar um comentário