domingo, 1 de julho de 2012

Dia de burocracia para quem é dirigente partidário

Hoje é um dia duro e cansativo para quem é candidato e ao mesmo tempo dirigente partidário. É dia de passar em revista aos documentos e de celebrar acordos partidários. Enquanto isso, os candidatos sem responsabilidade com os destinos do partido partem em disparada atrás de votos.
Alguma coisa precisa ser feita para compensar essa desigualdade. Interagir com o eleitor mais inteligente e exigente é uma boa opção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário