quinta-feira, 19 de julho de 2012

Ciranda do rabo preso

O que saiu publicado no Painel da Folha, de hoje, mata e enterra o PSDB. Vamos ver se aquele presidente valente e guerreiro reúne os seus pares e desmente peremptoriamente o abaixo publicado...

O PSDB aproveita o recesso para tentar desarmar a bomba que atende pelo nome de "Paulo Preto" na CPI do Cachoeira. O partido negocia com a base aliada o cancelamento do depoimento em troca da anulação das convocações de Fernando Cavendish, da Delta, e Luiz Pagot, ex-Dnit. Outra hipótese avaliada é que o ex-diretor da Dersa encaminhe esclarecimentos por escrito. Tudo para evitar justamente o que o PT deseja: que a oitiva prejudique a campanha de José Serra.

Paiol Já o PT rastreia no TCE e na Assembleia Legislativa documentos que comprometeriam o ex-dirigente da empresa responsável pelas obras viárias paulistas.

Quem? Paulo Vieira Souza, que tem dito a pessoas próximas que gostaria de ir à CPI, foi orientado a não responder caso seja chamado de "Paulo Preto", seu apelido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário