quarta-feira, 4 de julho de 2012

Boa palestra; menos fuxico e menos boato


Alguns militantes são fetos para funcionar ao contrário: acessam a notícia que não interessa, divulgam a notícia que não intenressa mesmo sabendo ser falsa, apenas para passar ao chefe aideia de que está antenado.
Meia dúzia, e não mais do que isso, ocupa o ouvido do candidato majoritário como se fosse biônico. Assim o fazem quase sempre no sentido de criar intigras e fazer desandar o  trabalho de quem colocou a mão na massa em busca de resultados concretos.   Há também osdissimulados, que inventam o boato, fazem rapa-pé em diereção àcasa do candidato edeixam o bobo por opção chegar na frente, a fim de passar imagem de difernete (que não é).

A PALESTRA
Ontem, no CEA, os pré-candidatos e a cordenação de campanha de Alexandre Arraes tiveram a opotunidade de ouvire sse tipo de informação sendo dita pelo presidente nacional do PSB e governador do estado, Eduardo Campos. Ele certamente aprendeu muito daquilo com o avô Miguel Arraes.

QUANTOS, ALEXANDRE?
Quantos, no dia de hoje,não deixaram  Alexandre Arraes colocar a primeira xícara de café na boca? Quantos empurraram-lhe um boato sem nexo antes que ele mastigasse o primeiro pedaço de pão?
Pelo menos hoje deve ter diminuído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário