segunda-feira, 18 de junho de 2012

Sem negociata

Cerco aos corruptos - O procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, anunciou, ontem, à repórter Letícia Lins, de O Globo, que o MP vai punir vereadores que aprovarem contas irregulares de prefeitos. Na prática, as câmaras municipais não podem mais votar contra as orientações do Tribunal de Contas. O vereador que tentar salvar prefeito corrupto pode responder por crime de improbidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário